Ter uma boa gestão no hotel significa atender clientes cada vez mais exigentes, que buscam serviços de qualidade, bom atendimento e uma equipe rápida.

Como todo empreendedor, quem trabalha com a gestão no hotel enfrenta vários desafios diariamente. Manter a boa gestão no hotel sempre com excelência é fundamental para garantir bons resultados.

São muitos pontos a serem observados: administrativo, comunicação, qualidade de atendimento, etc. Erros nos pequenos detalhes podem prejudicar a boa gestão no hotel e o rendimento de todo o empreendimento.

Muitos, por exemplo, não se preocupam com a comunicação dentro do hotel, ou não valorizam os feedbacks dos clientes e tratam a administração financeira com negligência. Todas essas são atitudes capazes de colocar a credibilidade de um negócio em risco.

Mas, ninguém está a salvo de errar, certo? Afinal, como diz aquela conhecida frase, “só não erra quem não faz”. No entanto, mais importante do que não errar, é saber identificar os erros, assumir suas falhas e agir para corrigi-las.

Por isso, para obter destaque e visibilidade em um mercado cada vez mais competitivo, é imprescindível conhecer os erros mais cometidos nesse setor que podem prejudicar a sustentabilidade do seu negócio e aprenda a evitá-las.

1 – Não manter o relacionamento com os clientes atuais

Que é importante investir em ações para atrair novos hóspedes, isso todos sabem. No entanto, você não pode se esquecer de se comunicar com seus clientes atuais. Escutar o que eles têm a dizer gera maior engajamento e fidelização, aumentando as chances de reutilização dos serviços. Por isso, deixe aberta a comunicação do seu cliente. É através dela que você conhece seus pontos fortes e fracos.

Claro, nem sempre será fácil ouvir um cliente criticar seu hotel. Tranquilidade, cordialidade e uma equipe preparada para receber até as críticas mais duras, é essencial.

Ao deixar de se relacionar com as pessoas que já se hospedaram em seu hotel ou pousada, você vai perder a oportunidade de fazer com que elas voltem e também diminuirá as chances de elas indicarem seu estabelecimento para os amigos.

Uma boa dica é usar os meio tradicionais como a pesquisas de satisfação — uma estratégia de baixo custo, mas grande eficiência para quem deseja acertar nesse ponto.

Uma boa gestão no hotel é capaz de atrair novos clientes e cativar os clientes antigos, atendendo aos anseios demonstrados por meio do feedback.

Então, esteja atento! Faça as mudanças necessárias e demonstre para seus clientes que você se importa com eles e com a evolução constante de seu hotel.

2.Não controlar de perto as finanças do seu negócio

Um dos erros de gestão no hotel mais comum é a perda de controle sobre o fluxo de caixa do empreendimento.

Assim como em qualquer negócio, se você não cuidar da movimentação financeira do seu hotel ou pousada, vai acabar no vermelho! Ter processos e sistemas de controle bem definidos é fundamental para garantir a sustentabilidade do seu estabelecimento.

As entradas e saídas devem ser acompanhadas atentamente pelo gestor, uma vez que revelam a saúde financeira do negócio.

Reduzir custos pode ser necessário. Com uma excelente gestão financeira, fica mais fácil organizar os investimentos e planejar o futuro da sua gestão.

Então, olhe com carinho para cada setor do seu hotel. O que pode melhorar no atendimento, na cozinha e na área de lazer?

Afinal, sem esse controle, você não conseguirá identificar, por exemplo, se determinada área está gastando muito e se precisa tomar ações para otimizar os gastos em algum processo.

3. Não levar em conta a relevância das OTAs

As OTAs (sites de agências de viagem online) são hoje uma das principais fontes dos viajantes para pesquisar e reservar um quarto em hotel, pousada ou albergue. Se o seu estabelecimento não incluir essas plataformas em suas ações de comunicação e marketing, com certeza vai perder grandes oportunidades.

Além de estar presente nesses canais, é preciso também aprender com eles: observar e avaliar o que faz eles terem tanto sucesso e tentar aplicar em suas estratégias.

4. Não investir em ações online

A presença da sua marca na web é fundamental para que o hotel possa ser encontrado pelos viajantes. Não realizar ações para fortalecer o relacionamento com clientes nesse ambiente digital é deixar de lado uma parcela significativa de oportunidades para o seu estabelecimento.

A internet faz parte do processo de compra de viagens atualmente, e não estar lá não só vai fazer com que seus concorrentes saiam na frente, como vai evitar o crescimento e também prejudicar a sustentabilidade do seu negócio.

Busque um profissional de marketing digital para ter um melhor resultado em seus investimentos.

5. Não treinar e motivar a equipe

Todo empreendimento hoteleiro conta com uma equipe de colaboradores. E uma boa gestão hoteleira se faz com trabalho em equipe.

Essas pessoas são fundamentais para garantir um tratamento diferenciado e de qualidade aos hóspedes, desde o momento da recepção no hotel até a hora do check-out.

Daí a necessidade de treinar e capacitar a equipe de profissionais que atuam junto do gestor, para que eles consigam realizar suas funções com maestria.

Investir em sua equipe é melhorar toda a sua estrutura. Em um mercado no qual o contato humano ainda é muito presente, é fundamental ter uma equipe bem treinada.

Aposte em cursos, palestras, treinamentos e oficinas para melhorar cada setor do seu hotel, deixando sua equipe preparada para lidar com as situações mais complexas.

Os profissionais do seu hotel são o seu bem mais precioso e o recurso mais importante para garantir a satisfação dos hóspedes. Não investir no treinamento e em ações para motivá-los pode prejudicar a qualidade dos seus serviços e, consequentemente, a imagem da sua empresa.

6. Não ficar atento às tendências do mercado

As mudanças no mercado hoteleiro acontecem em alinhamento com a evolução dos consumidores. Por isso, o gestor precisa estar atualizado.

Deixar de acompanhar as tendências do setor é um erro de gestão que pode, pouco a pouco, comprometer seu empreendimento.

Procurar entender e aplicar em seu negócio as principais práticas e ferramentas em destaque no seu segmento pode ser o grande diferencial que vai fazer sua marca se destacar e ter sucesso em meio a tanta competitividade.

Fique de olho nas novas tecnologias, em novas formas de atendimento, entretenimento e ferramentas que você pode programar em seu hotel para melhorar sua rotina e a hospedagem de seus clientes.

Nesse sentido, deixar de lado as principais tecnologias e tendências é o mesmo que ignorar as necessidades dos clientes.

7. Dificuldades de relacionar os setores

Com o intuito de melhorar os rendimentos e reduzir custos, também é imprescindível que os setores do seu hotel dialoguem entre si de maneira eficiente. Esse é um dos pontos cruciais de qualquer empreendimento de sucesso.

Você deve se certificar constantemente de que os fornecedores, os funcionários, as agências de viagem e o seu departamento de marketing estejam sempre alinhados com relação à expectativa dos clientes. Dessa maneira, a gestão é capaz de identificar suas necessidades com mais agilidade, além de otimizar as despesas.

Uma excelente alternativa nesse sentido — considerando a dificuldade cada vez maior em relacionar todos os setores de forma manual — é investir em um bom software de gestão. Veremos mais sobre isso a seguir.

Por fim, o gestor não pode cair no erro de deixar de pensar no futuro do empreendimento.

Uma boa gestão no hotel deve estar atrelada a metas de curto, médio e longo prazo.

Com essas dicas que reunimos, temos certeza que sua gestão será mais ágil e dinâmica, agradando clientes e funcionários.

Tags:

Leave a Reply